terça-feira, 21 de novembro de 2017

Maia diz que governo 'está muito longe' de ter os 308 votos para aprovar Previdência

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira (21) em entrevista à rádio CBN que hoje o governo está "muito longe" de ter os 308 votos necessários na Casa para aprovar a reforma da Previdência.

Ele foi questionado sobre as negociações em torno da proposta, que foram retomadas com mais intensidade nas últimas semanas. Maia é um dos principais defensores da reforma e tem se engajado na articulação política pela aprovação do texto.

Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição, as mudanças previdenciárias precisam de no mínimo 308 votos na Câmara, antes de ir para o Senado. Para Maia, o tema foi "demonizado" nos últimos meses, o que, segundo ele, dificulta a compreensão dos deputados sobre a importância da reforma.

"Está muito longe dos 308 [votos]. Com todo desgaste, a reforma foi demonizada, hoje nós estamos muito longe. Nada que a gente não consiga resolver se ajustarmos a comunicação junto com os deputados e explicar quais são impactos da reforma", disse Maia.

Ele citou uma série de encontros que serão realizados nos próximos dias com deputados da base e especialistas para explicar as mudanças propostas. Maia disse que é preciso esclarecer pontos que, segundo ele, foram alardeados de forma equivocada. "O que está se vendendo: não tem déficit na Previdência, vai tirar dos mais pobres. Tem que explicar que não vai tirar de quem ganha menos", afirmou.

Reforma ministerial

Um dos temas da entrevista foi a reforma ministerial, que nos últimos dias surgiu no meio político como um requisito para a aprovação da reforma da Previdência. Para Maia, a mudança nos ministérios não traz votos no Congresso.

"Isso [reforma ministerial] não garante voto. O que vai garantir voto é sair da pauta desgastante de nomeações e voltar para a pauta que interessa ao Brasil, a agenda de reformas [...] Não dá voto. O que dá voto é tirar essa agenda de nomeações da frente", afirmou o presidente da Câmara.

Fenacam retorna ao RN com mais de R$ 120 milhões em negócios, destaca governador

Após três anos fora do Rio Grande do Norte, a XIV Feira Nacional do Camarão retornou ao solo potiguar com apoio do Governo do Estado. Instalada no Centro de Convenções, o encerramento do evento ocorreu neste sábado (18) com a presença do governador do Estado, Robinson Faria.

"Estamos garantindo incentivos à atividade e conseguimos trazer de volta a Fenacam. Fui na edição passada realizada no Ceará e assumi o compromisso de trazer a Feira novamente para o estado e hoje comemoramos o resultado positivo de R$ 120 milhões em negócios", destaca o governador.

Presidente da Associação Brasileira de Criadores de Camarão (ABCC), Itamar Rocha revela que o desejo dos produtores é pela permanência da Feira no Rio Grande do Norte. "A Feira foi um sucesso. O interesse de 100% das pessoas que estão aqui é de que a Fenacam permaneça no RN muito pelo investimento que o estado tem feito no setor". Cerca de 90 empresas nacionais e internacionais ligadas ao setor participaram do evento

Para o secretário da Agricultura e Pesca, Guilherme Saldanha, o resultado é o reflexo desse ambiente favorável criado pelo governo na área. "Criamos um ambiente seguro para o investimento, o que fez com que novas empresas se instalassem no nosso estado, fortalecendo a cadeira. E já estamos viabilizando o retorno das exportações para 2018", falou.

O governador lembrou, ainda, que dentro desses investimentos está a legislação que regulamenta o cultivo de camarão sancionada na atual gestão. "Uma espera de mais de 10 anos que acabou no nosso governo", enfatizou o chefe do Executivo. Estimativa do governo é de que a atividade gera 100 mil empregos diretos e indiretos no RN.

Homenagem
O governador Robinson Faria foi homenageado durante sua passagem pela Fenacam com uma comenda da Associação Norte-Riograndense de Criadores de Camarão em reconhecimento e agradecimento ao trabalho realizado pela atividade.
Assecom-RN

PROGRAMA “GABINETE CIDADÃO” REALIZA DOAÇÃO DE PEIXES NA COMUNIDADE DE CONTENDA, EM EXTREMOZ

Em uma ação de solidariedade, o vereador Josias Oliveira distribuiu cerca de 350 quilos de peixe as famílias carentes do distrito de Contenda, em Extremoz.

A doação aconteceu na manhã deste sábado (18), de forma igualitária, beneficiando milhares de famílias carentes da comunidade de Contenda.

A ação faz parte do Programa “Gabinete Cidadão” que foi lançado hoje pelo vereador Josias e que irá atender pessoas carentes do município de Extremoz com diversas atividades sociais e de cidadania a cada 15 dias.

A próxima ação acontecerá no dia 25 de novembro, na comunidade Alto da Bela Vista com aproximadamente uma tonelada de peixes que serão distribuídos entre as famílias carentes.

                Para o vereador Josias Oliveira esse trabalho além de levar o seu gabinete as comunidades de Extremoz com ações de cidadania e responsabilidade social com um programa solidário, irá buscar soluções para diversos problemas estruturantes existentes no município. “É um esforço que fazemos para ajudar nosso povo mais humilde. Vou manter esse compromisso em sempre está realizando ações voltadas à população mais necessitada”, disse o vereador.

Nilson de Castro