quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Temer pede ao STF suspeição de Janot e acusa perseguição

O presidente Michel Temer pediu ao Supremo Tribunal Federal a suspeição do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a quem acusa de agir com "obsessiva conduta persecutória" para envolvê-lo em atos criminosos.
Uma petição foi entregue ontem ao ministro Edson Fachin em meio ao inquérito que investiga o chamado "quadrilhão" do PMDB.
Não há previsão para Fachin tomar uma decisão.
A expectativa é que a defesa recorra ao plenário caso o ministro negue o pedido. Janot não se manifestou.

Nenhum comentário: